Google+

English

Após pausa nos shows devido à pandemia, BRAZA anuncia a sua primeira transmissão ao vivo

No próximo dia 25 de julho (sábado), a partir das 20h, o BRAZA realiza sua primeira exibição ao vivo durante a quarentena, no projeto de música SON da cervejaria Estrella Galicia. Danilo Cutrim (Guitarra e Voz), Nícolas Christ (Bateria), Pedro Lobo (Baixo e Voz) e Vitor Isensee (Teclado e Voz) prometem um repertório que vai abranger os álbuns e EPs de toda sua trajetória. A banda pretende, com muita música e dança, reduzir a saudade dos palcos e a distância entre os integrantes e o público, causadas por esse momento de pausa forçada. A live será transmitida no canal do BRAZA no YouTube e pelo canal televisivo Music Box Brazil.

“Confia que a luz que ganha a escuridão já vem. Nada ou ninguém pode apagar a chama que nos mantém”. Esse é o mote da música “Chama”, que traduz o sentimento do BRAZA diante do atual contexto e da necessidade de manter o distanciamento social para a construção de um mundo mais empático e unido. Pensando nisso, a banda irá receber contribuições através do site e do QR Code da Sympla antes, durante e depois da exibição. Parte do valor arrecadado será destinado à iniciativa de moradores do Complexo do Alemão (RJ), o Gabinete de Crise do Alemão, que surgiu a partir da união dos projetos Voz das Comunidades, Coletivo Papo Reto e Mulheres em Ação no Alemão e tem como objetivo criar ações de atendimento e apoio aos moradores do complexo, principalmente, durante à pandemia de Covid-19.

Surgido em 2016, o BRAZA possui três registros de estúdio, intensa videografia e participações em grandes festivais, como Rock in Rio, Lollapalooza e Planeta Atlântida. O grupo tem seu conceito baseado na dança, na visceralidade, na cultura brasileira, nos ritmos ancestrais e na mensagem de amor, união e reflexão. Uma abordagem contemporânea da antropofagia e do amálgama anteriormente propostos pelo Modernismo, a Tropicália e o Manguebeat. Como resultado, a sonoridade do BRAZA cria uma mistura de reggae, rap, pop, beats do funk, riffs de rock e ritmos brasileiros.