Google+

English


Arthur Espíndola na Web

Sobre

No segmento do samba amazônico, o cantor e compositor paraense Arthur Espíndola surge como o principal representante deste gênero ainda pouco difundido em escala nacional. Gravado ao vivo em novembro de 2014, em show feito pelo artista no Teatro Margarida Schivazappa, em Belém (PA), o primeiro DVD deste paraense se chama Prazer, Arthur Espíndola porque tem justamente como função apresentar ao Brasil o artista e o samba amazônico deste artista. Por samba amazônico, termo cunhado pelo próprio Arthur Espíndola, entenda-se um samba misturado com toques de ritmos regionais do Norte do Brasil.


O DVD e CD digital Prazer, Arthur Espíndola – lançado no mercado fonográfico pela gravadora Deck e editado com patrocínio do projeto Natura Musical – funciona como definitiva carta de apresentação e intenções do artista. O fato de o time de convidados da gravação ao vivo incluir uma conterrânea do artista (Gaby Amarantos) e dois bambas cariocas, João Cavalcanti e Wilson das Neves, já é um atestado da miscigenação de um samba que, a bem da verdade, nunca teve fronteiras rítmicas e tampouco geográficas. O registro conta com faixas autorais de Arthur e também com sucesso como “Grande Hotel” (Wilson da Neves/Chico Buarque), o sucesso nacional do cantor Márcio Greyck em 1981, Aparências (Cury e Ed Wilson), entre outros.

Discografia