Google+

English


Comprar


Digital

Escute o Albúm

  • Track List
  • Baratinha
  • Soluços do Tempo
  • Analfabeto Sentimental
Amarelo Manga – Aversão
14/12/2018

Amarelo Manga, banda carioca composta por Julio Santa, Cecília, Rafael Frejat, Leo Lattavo e Gabriel Nigri apresenta nesse final de ano seu mais novo trabalho, trata-se do EP “Aversão”. São 4 músicas gravadas no meio de 2018 e finalizadas agora em dezembro.

“Ano passado, o Leo e Nigri entraram de vez na brincadeira e assim abandonamos o formato de duo e nos tornamos uma banda. Temos a sorte também de contar com nosso amigo Antonio Dal Bó nos teclados durante as gravações desse EP, assim como em alguns dos nosso shows. Esse ano a gente deu uma pausa nas gigs e resolvemos gravar algumas músicas que a gente vinha tocando ao vivo. Sentimos que é um trabalho de transição, queremos experimentar muito mais, porém achamos que essas 4 músicas representam de alguma forma o que foi o ano de 2017 pra banda.” – Conta Julio

Produzido pela própria banda, mixado e masterizado por Guilherme Chiappetta (Raça, Terno Rei), “Aversão” está disponível em todas as plataformas digitais a partir de 14 de Dezembro via Deck.


Comprar


Digital

Escute o Albúm

  • Track List
  • Você Não Percebe Que Passou da Conta
Amarelo Manga – Você Não Percebe Que Passou da Conta
01/11/2018

Logo após dar seus primeiros passos com o álbum de estreia, ‘Nuca’ (2016), a banda Amarelo Manga deixou sua forma inicial de duo e entrou num processo de reformulação dos seus integrantes. A banda hoje é composta por Leo Lattavo, Gabriel Nigri, Rafael Frejat e Julio Santa Cecília e conta com frequentes participações de Antonio Dal Bó nos teclados.

A mudança no som é clara comparada ao primeiro registro, porém a banda enxerga o momento atual como um período de transição, buscando cada vez mais uma identidade própria e uma sonoridade que a represente. “A nossa inquietude em relação ao material da banda tem sido instigante e exaustiva, ao mesmo tempo em que sobressai o sentimento de que não chegamos à conclusão de nada.” comenta Julio.

De um conjunto de testes e gravações caseiras, o primeiro resultado é o single “Você Não Percebe Que Passou da Conta”, que vem acompanhado de um clipe produzido pela própria banda. Gravada quase toda em cassete durante uma viagem a Teresópolis, a canção passeia por somas de camadas, batidas hipnóticas e uma frase que ressoa como um mantra num clima de baixa fidelidade.

A mudança não se limita à sonoridade, mas também inclui a parte estética do clipe. “Sempre fizemos os clipes na base do esgana gato. Ainda não fomos apresentados ao padrão e ao processo de se fazer um clipe profissional. Esse mesmo esquema se repetiu com essa música, tudo foi feito em cima de tentativas e uma produção bem simples. A grande diferença é que, ao invés de usarmos a câmera VHS, usamos uma digital no intuito de mudar um pouco também o lado visual, incluindo planos e cortes mais trabalhados”, explica Rafael.

Atualmente o grupo está finalizando um novo EP previsto pra sair ainda esse ano.


Comprar


Escute o Albúm

  • Track List
  • Geribá
  • Miojo
  • Sob os Olhos Um Oceano
  • O Mesmo Sentimento
  • Columbia Livia
  • Genocidas
  • Canivete Suíço
  • Goela
  • Merthiolate
Amarelo Manga – Nuca
23/06/2016

Idealizado por Julio Santa Cecilia e Rafael Frejat, Amarelo Manga surge de um amontoado de composições acumuladas. As inúmeras noites compartilhadas resultaram numa sintonia sonora afiada, construindo aos poucos um universo particular da dupla carioca.

Gravado durante os últimos meses de 2015, nove músicas resultaram no álbum de estreia intitulado “Nuca”. Produzido, gravado e mixado pelo duo, o transe provocado por essa parceria foi ainda amplificado com as participações de Leo Israel na bateria e Ricardo Kaplan no baixo, que acabou incorporando o projeto.

O disco apresenta uma sonoridade que percorre desde texturas e modulações até ruídos e timbres ríspidos. Remetendo, de um lado, a um rock alternativo dos anos noventa e, de outro, a um suspiro oitentista, a banda caminha por um terreno de incertezas e convicções, que, por fim, tem um aspecto atual e próprio.

O resto tem que ouvir pra entender e… antes que pergunte, não, não tem nada a ver com o filme.