Google+

English


Sobre

Entre tantos gêneros e estilos desse nosso país diverso, foi a Bossa Nova que levou o Brasil para o mundo. Não por acaso, foi a Bossa Nova também que reuniu o pop britânico de Andy Summers com Fernanda Takai. Como a bossa, Summers também tem influência do jazz e seus trabalhos solo trazem esse forte acento com toques de música erudita e música do mundo. Em seu trabalho como compositora e vocalista do Pato Fu não costuma cantar relacionamentos, mas depois de “Insensatez” e outras pérolas do baú de Nara já temos mais esse prazer.


Nas canções de “Fundamental” sua delicada voz canta o amor, a perda, a dificuldade, a conquista. Summers escreveu pensando nessa voz. Uma voz que tem tudo a ver com o tom mais pop que ele quis dar para sua bossa. E ela escolheu o repertório, dividiu versões com Zélia Duncan e John Ulhoa e ainda fez uma em japonês.“Fundamental” foi gravado e mixado em Los Angeles, no estúdio de Andy Summers, e conta ainda com a preciosa contribuição de Marcos Suzano na percussão - que dá o acento mais brasileiro do disco, e com o baixista mexicano Abraham Laboriel Sr., que já tocou com artistas do calibre de Ella Fitzgerald, Stevie Wonder e com os nossos Dori Caymmi e Gilberto Gil.


Discografia