Google+

English

Deck lança novo álbum de Charles Bradley

A Deck traz para o Brasil o novo álbum do cantor e compositor Charles Bradley. Intitulado “Victim of Love”, esse é o segundo trabalho do norte-americano que tem chamado a atenção pela sua voz poderosa e por resgatar o melhor do soul, do R&B e do funk. O disco foi produzido por Thomas Brenneck, guitarrista da banda que o acompanha nesse álbum, a Menahan Street Band.
A música de Charles é inspirada pelos hinos que ouvia na igreja quando criança e pelo funk de James Brown, e traz de volta a musicalidade dos bons tempos da Motown. O novo álbum contém 11 faixas, todas assinadas por ele e Thomas, algumas com a colaboração do restante da banda.
Nos álbuns Bradley conta sua história; em “No Time for Dreamming”, ele cantava sobre sofrimento e dor. Agora, em “Victim of Love”, a mensagem que ele traz é de esperança. Como ele mesmo diz, é como se estivesse “saindo da escuridão e indo para a luz”. São destaques músicas como a faixa-título, o primeiro single “Strictly Reserved To You”, “Confusion” e “Through the Storm”.
O álbum chega às lojas brasileiras no começo de junho e, a partir de hoje, ele está disponível pelo iTunes, Deezer e Rdio.

Victim Of Love

O cantor e compositor Charles Bradley tem chamado atenção da crítica pela sua voz poderosa e por resgatar o melhor do soul, do R&B e do funk. Esse ano a Deck lança seu segundo álbum, “Victim of Love”. O disco foi produzido por Thomas Brenneck, guitarrista da banda que o acompanha, a Menahan Street Band.

A música de Charles é inspirada pelos hinos que ouvia na igreja quando criança e pelo funk de James Brown, e traz de volta a musicalidade dos bons tempos da Motown. O novo álbum contém 11 faixas, todas assinadas por ele e Thomas, algumas com a colaboração do restante da banda.

Charles diz: “Nós só queríamos fazer música, boa música. Música de amor, que as pessoas pudessem sentir”. E sentimento é o que não falta em “Victim of Love”, principalmente o amor, é claro. Fortes exemplos disso são faixas como “Love Bug Blues”, “You Put the Flame on It”, “Strictly Reserved for You”, “Crying in the Chapel” e “Let Love Stand a Chance”. O disco passa também por um som mais psicodélico em “Confusion”, “Where do We Go From Here” e “Hurricane”, e tem uma faixa instrumental, “Dusty Blues”. Ele termina com um agradecimento sincero de Charles a todos que o ajudaram a superar os momentos difíceis pelos quais ele passou, na música “Through the Storm”.

Charles traz de volta os bons tempos do funk, soul e R&B em grande estilo.

Charles Bradley