Google+

English

Colomy lança “Pássaro Livre”

Ouça o single

Depois da estreia de “Sendo Como Sou” (Deck), em seu segundo single, “Pássaro Livre”, a banda Colomy demonstra maturidade estética ao elevar suas raízes setentistas a um patamar de profundidade emocional e investigativa.

Composta pelo trio e com letra de Pedro Lipa (guitarra, synth e voz), a canção é acompanhada por um slide de guitarra que dimensiona a sugestão de libertação, profundidade e alcance sugerida em seu título. O compasso da bateria de Eduardo Schuler, usando caixa e bumbo, conduz o violão de Sebastião Reis. Os backing vocals foram gravados por todos integrantes.

O Colomy, desta forma, demonstra a expansividade sensível de seu campo de composição, investigando sobre a alma humana, sobre os aprisionamentos da vida urbana e principalmente sobre a capacidade do ser em pulsar sobre uma nova esfera da vida, buscando, assim, a tão aferida e contumaz liberdade.

A ambientação progressiva constrói no âmago da canção uma sensação de leveza, partida e busca, em que, num campo metafórico, o céu como manifestação de outra vida torna-se o objeto a ser perseguido.

“Pássaro Livre” já está disponível nas principais plataformas de música pela gravadora Deck.

Pássaro Livre

Em seu segundo single, “Pássaro Livre”, a banda Colomy demonstra maturidade estética ao elevar suas raízes setentistas a um patamar de profundidade emocional e investigativa.

Composta pelo trio e com letra de Pedro Lipa durante o início da quarentena, a canção é acompanhada por um slide de guitarra que dimensiona a sugestão de libertação, profundidade e alcance sugerida em seu título.

O trio, desta forma, demonstra a expansividade sensível de seu campo de composição, investigando sobre a alma humana, sobre os aprisionamentos da vida urbana e principalmente sobre a capacidade do ser em pulsar sobre uma nova esfera da vida, buscando, assim, a tão aferida e contumaz liberdade.

A ambientação progressiva constrói no âmago da canção uma sensação de leveza, partida e busca, em que, num campo metafórico, o céu como manifestação de outra vida torna-se o objeto a ser perseguido.

O compasso da bateria de Eduardo Schuler, usando caixa e bumbo (half time shuffle), conduz bem os violões de Sebastião Reis, que também participa dos ótimos backing vocals da canção gravados por todos integrantes.

Colomy lança primeiro single, “Sendo Como Sou”

Uma das novidades musicais de 2021 é a banda Colomy, projetada através do ímpeto criativo de três jovens músicos. Os gaúchos Pedro Lipatin (guitarra, synth e vocal) e Eduardo Schuler (bateria e backing vocal), chegaram em São Paulo com a banda Dóris Encrenqueira e então conheceram Sebastião Reis (violão e vocal), que atualmente integra a banda de seu pai, Nando Reis.

Começaram a tocar juntos e, entre janeiro e fevereiro de 2020, Pedro e Sebastião compuseram “Sendo Como Sou”. “Essa canção foi escrita numa tarde e foi o ponto de partida para levarmos a ideia a sério e fazer desses frutos musicais o combustível das nossas vidas” – comenta Pedro Lipa.

>> Ouça o single

>> Assista ao clipe

“Conforme a música foi trabalhada em estúdio, criou-se essa atmosfera de surgimento repentino da banda, e inevitavelmente ela foi eleita nosso cartão de visitas. Uma canção que fala sobre identidade, vontade, entusiasmo, confiança, sobre ser quem nós somos de verdade, para assim sermos Colomy” – finaliza.

“Sendo Como Sou” (Sebastião Reis/ Pedro Lipatin) foi produzida por Esteban Tavares e traz a participação especial de Wysrah Moraes no baixo. A faixa já está disponível em todos os aplicativos de música, pela gravadora Deck, e seu clipe já pode ser assistido no canal da banda no YouTube.

Sendo Como Sou

Projetada através do ímpeto criativo de três jovens músicos, o power trio “Colomy” funde seu conceito musical à história de cada um deles — apaixonados por música brasileira, rock progressivo e toda criação estética com raízes nos anos 1970.
Foi em Jaú, interior de São Paulo, que Sebastião Reis, Eduardo Schuler e Pedro Lipatin conceberam e lapidaram a banda, que segue pulsando nas composições,
arranjos e ideias dos integrantes.
O primeiro single do Colomy , “Sendo Como Sou”, foi composto por Sebastião e Pedro e versa sobre libertação: “Pra voar com os astros/ Sou um pássaro/ Transformar/ Transmitir/Sendo como sou!”. Mais single e um EP serão lançados pela Colomy ainda no primeiro semestre de 2021.

Banda Colomy lança single de estreia pela Deck

Projetado através do ímpeto criativo de três jovens músicos, o power trio Colomy funde seu conceito musical à história de cada um deles — apaixonados por música brasileira, rock progressivo e toda criação estética com raízes nos anos 1970.

Foi nas terras roxas da cidade de Jaú, interior de São Paulo, que Sebastião Reis, Eduardo Schuler e Pedro Lipatin conceberam e lapidaram a banda, que segue pulsando nas composições, arranjos e ideias dos integrantes tal qual a fertilidade das terras de onde ela veio.

Pedro Lipatin (guitarras e vocais) é natural de Porto Alegre, e chegou a São Paulo com Eduardo Schuler (bateria), também gaúcho, com a banda Dóris Encrenqueira. Os músicos conheceram, então, Sebastião Reis (violões e vocais) durante o processo de produção do primeiro disco de Beto Bruno, ex-vocalista da Cachorro Grande. Com a veia musical clamando por jorrar, os três se uniram neste projeto que já possui três composições assinadas por Pedro Lipatin e Sebastião Reis, que atualmente integra a banda de seu pai, Nando Reis.

 

O primeiro single do Colomy, “Sendo Como Sou”, será lançado dia 23 de abril, pela Deck.