Google+

English

Gaby Amarantos aborda relações tóxicas em “Tchau”

Sempre usando o humor para tratar de temas sérios, a cantora e compositora Gaby Amarantos aborda as relações tóxicas em “Tchau” (Gaby Amarantos/ Lucas Gouvêa/ Arthur Espíndola/ Jaloo), seu novo single. A letra narra uma história que começa numa noite de sexo e acaba numa situação de dependência e co-dependência. “Eu te conheci em fevereiro foi aquele amor de pica/ Tantas vezes eu pensei, será que a gente vinga?/ A vibe estava rolando legal/ Até que descobri que era tudo farsa / A tua falsidade derrubou todas as tuas máscaras/ Porque é que eu gosto de você?/ Por que dependo tanto de você?/ Porque é que eu deixo você me calar?/ Se aproveitar de mim pra me enganar”.

A ideia é trazer para a discussão as relações abusivas, não só afetivas, e dar coragem para as pessoas saírem dessa situação. “É importante a gente conseguir arrancar essa toxidade da nossa vida. E ela pode aparecer numa amizade, na família, no trabalho, num político em quem votamos e não está nos representando, num time de futebol ou outras formas de dependência” – explica Gaby.

A produção é de Jaloo, parceiro na autoria da faixa e convidado especial. “Convidei o Jaloo, com quem já tinha feito ‘Q.S.A.’, para cantar alguma das minhas músicas novas comigo e ele fez questão que fosse essa. E eu adorei, pois ele também traz muito no trabalho dele essa ideia de a gente se livrar de toxicidades. Tenho certeza que o público vai se identificar muito” – completou.

O clipe, dirigido por João Monteiro (que já trabalhou com Gaby em “Vênus em Escorpião”), é uma excelente adaptação visual da música e também traz a participação de Jaloo. Quem assina o styling é Nê Bardac.

“Tchau” é um lançamento da Amarantos Eleva, com distribuição da gravadora Deck, e já está disponível em todos os aplicativos de música.

 

Tchau (Feat. Jaloo)

“Tchau”, nova faixa de Gaby Amarantos com ft do Jaloo, fala sobre um término de um relacionamento tóxico, uma história que começa numa noite e acaba nos prendendo. Apesar da letra bem humorada “Eu te conheci em fevereiro foi aquele amor de pica Tantas vezes eu pensei será que a gente vinga?”, a ideia é trazer para a discussão os relacionamentos que causam dependência. A produção é de Jaloo, parceiro na faixa e convidado especial.

Gaby Amarantos – Vênus em Escorpião (Feat. Ney Matogrosso e Urias)

Nova música de Gaby Amarantos, “Vênus em Escorpião” (Gaby Amarantos/Jaloo/Lucas Estrela/) tem gosto de hit de verão e pista de dança. Com produção de Jaloo e luxuosas participações dos cantores Ney Matogrosso e Urias, a música com batida pop conta a história de uma dor de amor e será lançada no período em que a Vênus estará transitando pelo signo de Escorpião

Gaby Amarantos – Xanalá (Omulu Remix) (ft. Duda BEAT)

Reconhecido por suas versões de artistas como Pabllo Vittar e Luedji Luna, o DJ Omulu remixou a música “Xanalá” (Gaby Amarantos/Renato Rosas/Arthur Espínola/Duda Beat). Agora, a nova versão do “brega pop” cantando por Gaby Amarantos e Duda Beat chega aos aplicativos de música pela Deck.

Sem abrir mão das influências musicais nortistas e nordestinas da faixa original, Omulu deu seu toque ao trabalho, com arranjos diferenciados. Tudo isso, porém, sem abrir mão dos versos que abordam o tesão e o prazer. “”Ainda precisamos tratar desse assunto, a mulher é livre e tem todo o direito de sentir prazer””, conta Gaby, que escreveu uma letra super bem humorada e chamou sua colega Duda Beat para participar. “”Me identifico muito com a Duda e com a maneira dela transformar a música brega em sofisticada””, completa.

Gaby Amarantos & DUDA BEAT – Xanalá

Com seu novo single “Xanalá”, Gaby Amarantos usa a música como meio de falar sobre sexualidade de um modo divertido e leve. A novidade da paraense, que se prepara para lançar um novo álbum, aborda o prazer feminino e as relações afetivas. Juntando-se a Gaby, ainda há a participação de Duda Beat, em ascensão na cena alternativa, que completa um dueto de cantoras.

A ideia de convidar a intérprete de hits como “Bichinho” deu-se por conta da “capacidade da Duda de pegar o som brega de Recife e deixá-lo de um modo sofisticado, cool e ‘hypado’”, explica Gaby. “Xanalá” traz o instrumental que consagrou Gaby Amarantos: drum machine, timbres típicos do tecnobrega e sintetizadores. As duas vozes, potentes e marcantes, se conectam com harmonia, dando ainda mais presença para a música, que chega aos aplicativos dia 9 de outubro.

Gaby Amarantos – É Só Se Jogar

A voz de Gaby Amarantos será ouvida todas os dias nas tardes da Tv Globo. A artista recebeu o convite para cantar o tema de abertura do novo programa da emissora “Se Joga”, que esteia no dia 30 de setembro logo após o Jornal Hoje. Comandado por Fernanda Gentil, Érico Brás e Fabiana Karla, o programa será ao vivo, de segunda a sexta e vai trazer muita informação, humor, jogos e notícias do mundo das celebridades.

A música se chama “É só se Jogar” e traz uma batida pop e dançante, representando o clima do programa. O single será lançado em todas as plataformas digitais em Outubro.

Gaby Amarantos – Cachaça de Jambu / Ilha do Marajó (Gira a Saia)

“A cantora e compositora Gaby Amarantos vai lançar dois singles e videoclipes dia 13 de junho. São duas músicas especiais, com as quais ela homenageia o Pará e traz novidades na sonoridade, o que já é sua marca registrado.

“Cachaça de Jambu” é sobre uma das bebidas feitas com essa erva típica e misteriosa do Pará, que é muito usado pela culinária da região. A música traz participações de Waldo Squash e Maderito, integrantes da Gang do Eletro. “Ilha do Marajó (Gira a Saia)” é uma versão moderna desse clássico do carimbó do Mestre Verequete, agora com batidas eletrônicas e influências do tecno brega. A faixa conta com a voz do do próprio Mestre Verequete e também com Waldo Squash.”

Gaby Amarantos