Google+

English

Polysom relança álbum “Feito em Casa” de Antonio Adolfo

Um dos grandes nomes da música instrumental nacional, o pianista, arranjador e produtor Antonio Adolfo lançou, em 1977, o álbum “Feito em Casa”. O disco, que saiu pelo seu próprio selo, Artezanal, foi o pioneiro da produção independente no Brasil. E é esse marco da MPB que a coleção “Clássicos em Vinil”, da Polysom, traz de volta esse ano em LP de 180 gramas.

A produção, os arranjos e as 11 faixas do álbum são assinadas por Antonio, que contou com Toninho Barbosa (Estúdio Sonoviso), para a gravação e mixagem. Para dar ainda mais vida às suas canções, ele chamou uma grande banda para acompanhá-lo: Jamil Joanes e Luizão Maia (baixo), Luiz Cláudio Ramos (violão e guitarra), Rubinho (bateria), Ariovaldo Contesini, Peninha e Chico Batera (percussão), Danilo Caymmi e Franklin (flauta), Marcio Montarroyos (trompete), Oberdan Magalhaes (sax) e Suzana, Luna, Claudia Telles e Marcio Lott (coro). “Feito em Casa” também traz as participações especialíssimas de Joyce em “Acalanto” e Málu em “Vê”. O próprio Antonio Adolfo canta em uma das faixas do disco, “Aonde Você Vai?”.

O músico, que trabalhou com artistas como Elis Regina, Sergio Mendes, Carlos Lyra, Stevie Wonder e Dionne Warwick, entre outros, traz nesse álbum “Dia de Paz”, escrita em parceria com outro gigante da MPB, Jorge Mautner. “Feito em Casa” chega às lojas ainda esse mês.