Google+

English


Comprar


Digital

Escute o Albúm

  • Track List
  • Maldizer (Acoustic)
The Mönic – Maldizer (Acoustic)
28/08/2020

A The Mönic lança, na sexta-feira (28), a versão acústica de “Maldizer”. A faixa é a última de quatro gravadas em estilo ‘desplugado’ durante a quarentena, e que a banda vem divulgando pela gravadora Deck.

Inicialmente lançada no disco “Deus Picio” (Deck, 2019), a música teve seus arranjos pesados transformados em delicadas linhas de violão, percussão e baixo. Os vocais rasgados de Dani Buarque deram lugares a timbres delicados e falsetes, além de backing vocals que criam texturas levemente sombrias. Com narrativa densa e abordagem profunda, essa é uma das músicas em português que a The Mönic lançou ao longo da carreira. “É a narrativa sobre uma vida inteira levada com um incômodo existencial e a urgência de uma metamorfose interna para lidar com a não tão simples questão de existir”, explicou Dani sobre a composição.

A capa do single é uma ilustração especial de Vivi Leitão Bergè — a quarta e última de uma série retratando a vida de cada uma das musicistas da The Mönic durante o isolamento. A escolhida da vez é Dani Buarque.


Comprar


Digital

Escute o Albúm

  • Track List
  • Delírio
  • Angústia
  • Primavera nos Dentes
  • O Patrão Nosso de Cada Dia
  • O Vira
  • Doce e o Amargo
  • O Hierofante
  • Rosa de Hiroshima
  • Tecer Mundo
  • Fala
  • Sangue Latino
  • Amor (Bonus Track)
  • Flores Astrais (Bonus Track)
Primavera nos Dentes – Primavera nos Dentes (Deluxe Version)
13/07/2020

O músico e pesquisador Charles Gavin começou a mergulhar no repertório do Secos & Molhados com o intuito de tocar aquelas canções clássicas da música brasileira. Aos poucos, outros músicos foram se juntando do projeto e logo tinham uma banda formada: Charles Gavin (Titãs / Ira!) na bateria, Paulo Rafael (Alceu Valença / Ave Sangria) na guitarra, Duda Brack (Duda Brack) no vocal, Pedro Coelho (Cássia Eller – O Musical / Dona Joana) no baixo e Felipe Ventura (Baleia / Xóõ / Cícero ) no violino e na guitarra. Por mais de um ano e meio eles recriaram arranjos, ensaiaram e gravaram demo tapes aguardando o momento ideal de subirem aos palcos. Não tinham planos de gravar um disco tão cedo, mas receberam um convite do produtor Rafael Ramos (Pitty / Titãs / Vanguart) de gravar um álbum pela gravadora Deck. Com o projeto já devidamente batizado de Primavera nos Dentes (título de uma faixa do 1º LP do Secos & Molhados), entraram no estúdio Tambor, no Rio de Janeiro, com produção do próprio Rafael Ramos, para registrar releituras de 11 canções. Neste repertório não poderia faltar “Sangue Latino”, “Fala”, “O Patrão Nosso de Cada Dia”, “O Vira”, “Rosa de Hiroshima”, entre outros clássicos.

Agora, o supergrupo lança a versão deluxe do projeto com duas faixas bônus: Amor e Flores Astrais.

Violet Soda
05/12/2019

Comprar


Digital

Escute o Albúm

  • Track List
  • Partiu
  • Um Dia de Cada Vez
  • Bem a Fim
  • Algum Algoritmo
  • Calmo em Estolcomo
  • Olhou Pro Lado, Viu
  • Fetiche Estranho
  • Maioral
  • Estranho Fetiche
  • Outro Nada
  • Missão
Humberto Gessinger – Não Vejo a Hora
11/10/2019

Seis anos depois de “”Insular”” (2013), Humberto Gessinger lança um novo álbum de inéditas. “”Não Vejo a Hora”” traz 11 canções autorais gravadas com dois trios, um acústico e um power (elétrico). “”Desde o início, saquei que o material pedia uma produção ágil, rápida, para que a força das composições não se perdesse em firulas no estúdio… foi o que a gente fez. É um disco mais linear, mais focado na simplicidade dos trios””, comenta Gessinger.

São oito faixas com o power trio formado por Rafa Bisogno (bateria), Felipe Rotta (guitarra) e Humberto (baixo de seis cordas) e três músicas acústicas, nas quais o ex-Engenheiros do Hawaii assume a viola caipira, acompanhado por Nando Peters (baixo acústico) e Paulinho Goulart (acordeon). Todas as letras são de Gessinger e as músicas trazem parcerias com Duca Leindecker, Bebeto Alves, Felipe Rotta, Nando Peters e Esteban Tavares. O projeto gráfico do álbum, lançado pela gravadora Deck, traz na capa e contracapa ilustrações do artista gaúcho Felipe Constant.


Comprar


Digital

Escute o Albúm

  • Track List
  • Vai Ser
  • Saliva Salina
  • La Marque
  • Diferente de Mim
  • Ninfa
  • Cuba Libre
  • Morning Gloria (O Medo)
  • Eu Quero Que Você Passe
  • Easy Blue
La Leuca – Dente de Leite (Deluxe)
23/08/2019

Em 2018 a banda lançou o Dente de Leite, projeto que gerou ótima repercussão pelo Brasil com a turnê realizada em meados de Julho e pontuou seu nascimento na cena independente nacional. Em 2019 arregaça as mangas novamente para gravar a continuação do projeto, que marca o encerramento dessa estréia e inicia a formação de dentes permanentes em sua trajetória musical. Mesmo com uma pitada de amadurecimento, a temática da infância e o ar nostálgico ainda estão presentes nessa segunda e última parte da obra, o que é reafirmado com as interludes com gravações da infância das integrantes. Sua presença na pós produção desse Lado B do EP, lançada em formato completo como Álbum Deluxe, abre as portas para uma nova fase que está por vir, com mais força e segurança.


Comprar


Digital

Escute o Albúm

  • Track List
  • Me Deixa Legal
  • Café Com Pão
  • Às Vezes Um Clichê
  • Ai Ai
  • Se Você Fosse Minha
  • Jogue Tudo Fora
  • Avenida Sete
  • Beleza de Você
  • Vampiro da Rua XV (ft. Helio Flanders)
  • Vamos Pra Rua (ft. Helio Flanders)
  • Motor (ft. Helio Flanders)
  • Não Existe Saudade No Cosmos (ft. Helio Flanders)
  • Invejosa (ft. Helio Flanders)
  • Aconteceu (ft. Helio Flanders)
  • Clonazepam 2 MG
  • Todas as Bandeiras
  • Eu Consegui
  • Hoje Eu Vou Sair
  • Calma
  • Dança Diferente
  • Demodê
  • Aquela Força
  • Valeu, Valeu
  • Mantra (ft. Helio Flanders)
Maglore – Maglore Ao Vivo (CD / DVD)
26/06/2019

No início do ano, o Maglore revisitou uma década de carreira em um show especial no Cine Joia, que agora chega em áudio e DVD pela gravadora Deck. Na ocasião, a banda se juntou a convidados especiais e um naipe de metais para tocar sucessos de seus quatro álbuns, em uma apresentação comemorativa e que mostra bem toda a trajetória sonora do grupo.

Dentre os convidados, há destaque para Helio Flanders (Vanguart), que marcou presença em sete canções — incluindo “Não Existe Saudade No Cosmos”, escrita por Teago Oliveira e regravada por Erasmo Carlos, e o hit “Mantra”. Nas novidades das faixas ao vivo há, por exemplo, a citação incidental de “Lenda do Abaeté” (Dorival Caymmi) durante “Se Você Fosse Minha”. Além disso, sucessos como “Dança Diferente”, “Café com Pão” e “Me Deixa Legal” marcam presença no repertório do quarteto formado por Teago (guitarra e vocal), Lelo Brandão (guitarra, sintetizadores e vocal), Felipe Dieder (bateria) e Lucas Oliveira (baixo e vocais).


Comprar


Digital

Escute o Albúm

  • Track List
  • Bicho Solto
  • Noite Inteira (ft. Lazzo Matumbi)
  • Ninguém é de Ninguém
  • Motor
  • Saudade (Vinheta)
  • Roda (ft. BaianaSystem)
  • Azul (Vinheta)
  • Bahia Blues
  • Te Conecta
  • Redimir
  • Para o Grande Amor
  • Submersa
  • Sol Quadrado (ft. Larissa Luz)
Pitty – MATRIZ
26/04/2019

Matriz é, provavelmente, o disco mais surpreendende de Pitty. Ela o criou de forma bem livre, seguindo sua intuição e acabou fazendo um álbum que contém referências de sua história e aponta novos caminhos por onde sua música pode passar.

Composto e gravado durante a primeira parte da turnê “Matriz”, o disco partiu dessa ideia de revisitar suas origens, chegar na matriz sonora e perceber como isso se comporta nos dias de hoje, como através do rock ela dialoga com novas influências e toda sua trajetória até aqui.

O álbum foi gravado parte no Rio, no Estúdio Tambor, parte em São Paulo e parte em Salvador, onde Pitty nasceu e viveu até os 23 anos quando foi para o Rio gravar o primeiro disco. Na busca por suas orgines acabou trazendo algumas referências da Bahia, que ela nem imaginava. Assim, participam do álbum os baianos: Lazzo Matumbi (“Noite Inteira” e “Sol Quadrado”), Larissa Luz (“Sol Quadrado”), Nancy Viegas (“Noite Inteira”) e BaianaSystem (“Roda”). Entre as 13 faixas há duas releituras, de “Motor” (Teago Oliveira), da banda Maglore e “Para o Grande Amor”, de Peu Souza. Todas as faixas foram produzidas por Rafael Ramos, com excessão de “Redimir”, produzida pelo pernambucano Pupillo, que também tocou percussão, bateria e programação eletrônica.

“Matriz” é um disco vigoroso, com o rock pulsando em cada acorde e “conversando” com outros ritmos, outros artistas, outros compositores. “Matriz” é o chão de Pitty, de onde ela veio e para onde está indo.


Comprar


Digital

Escute o Albúm

  • Track List
  • Pequenos Erros
  • Lobo Mau
  • Viagem Ao Fundo Do Mar
  • Cinco Sentidos
  • Nas Dobras Do Universo
  • Amor Em Tempo De Guerra
  • Me Pega
  • Blues Da Felicidade
  • Mistérios
  • Séculos & Séculos
  • O Caminho
  • Tua Fúria
NAU – O Álbum Perdido do NAU
09/11/2018

Antes do sucesso em carreira solo, a cantora e ativista Vange Leonel esteve à frente da banda NAU. O grupo surgiu em São Paulo em 1985 e teve seu primeiro álbum, homônimo, lançado pela CBS dois anos depois. Apesar de ter sido considerada um dos destaques do rock nacional, a banda acabou pouco tempo depois, em 1989. Mas antes de encerrarem as atividades, Vange (voz e teclado), Zique (guitarra), Beto Birger (baixo) e Kuki Stolarski (bateria) gravaram um segundo disco, que nunca foi lançado. Reencontrado 30 anos depois, a Deck disponibiliza em todas as plataformas digitais no dia 9 de novembro “O Álbum Perdido do NAU”.

O trabalho foi gravado em 1988 no Big Bang Studio (SP). A produção é da banda e Cilmara Bedaque, que assina as letras das 12 faixas do disco

NAU
08/11/2018

Comprar


Digital

Escute o Albúm

  • Track List
  • Tempos Loucos
  • Mistério
The Outs – Enquanto o Futuro Não Vem
19/10/2018

Depois do elogiado disco “Percipere” (Deck/ 2016) e de apresentar seu show pelo país, a banda The Outs finaliza seu novo álbum, “Enquanto o Futuro Não Vem”. O disco, primeiro gravado com a produção de Rafael Ramos, chega às lojas e às plataformas digitais pela Deck no dia 19 de outubro. “Foi a primeira vez que pudemos gravar num estúdio profissional (Tambor – Rio de Janeiro) com tempo e vários equipamentos para testar e criar! Geralmente é tudo muito corrido em gravações assim. Foi ótima a experiência de ter recursos e outros profissionais nos auxiliando no processo” conta Vinícius Massolar (guitarra/teclado/vocais).

O disco traz dez faixas inéditas, todas de autoria da banda, formada por Dennis (guitarra/baixo/vocais), Gabriel Politzer (bateria) e Vinícius Massolar. Em “Enquanto o Futuro Não Vem” o grupo explora novas sonoridades, mais ligadas à música brasileira e ao pop, apresentando um trabalho mais elaborado e complexo que os anteriores.


Produtos Relacionados