Google+

English

Edgar lança vídeo inédito no Programa Convida, do Instituto Moreira Salles

O Instituto Moreira Salles apresenta ao público os primeiros trabalhos desenvolvidos pelos artistas e coletivos convidados pelo Programa Convida, de incentivo à criação durante a quarentena. Dentre os materiais já disponíveis, há o vídeo Memória de uma máquina de karaokê, no qual Edgar, artista da gravadora Deck, reúne gravações de bares, festas e cultos, numa reflexão sobre como será a convivência dos homens no futuro. Além dele, destacam-se crônicas dos escritores Ana Paula Maia, Cidinha da Silva, Geovani Martins e Itamar Vieira Junior, filmes da atriz e diretora Helena Ignez e do cineasta Takumã Kuikuro, vídeos de Leona Vingativa e do fotógrafo Marcelo Rocha e uma apresentação musical da Família Ernest Dias. Os projetos já podem ser acessados no site do IMS, na seguinte página: convida.ims.com.br. A plataforma do programa será alimentada de forma dinâmica, de acordo com a chegada dos trabalhos, e terá novidades a cada dia para o público.

Lançado no dia 15 de abril, o Programa Convida é um projeto de apoio à produção artística, no contexto da epidemia da covid-19. Numa primeira etapa, o IMS comissionou cerca de 60 artistas e coletivos para produzirem obras inéditas, que serão publicadas no site ao longo das próximas semanas. Eles foram convidados segundo critérios que levam em conta a diversidade de identidades presentes no Brasil – de raça, gênero, regionalidade, contexto social e cultural.

O público será informado conforme os novos projetos forem acrescentados ao site. Desse modo, mesmo com seus centros culturais (São Paulo, Rio de Janeiro e Poços de Caldas) fechados há mais de um mês e suas equipes trabalhando em casa, o IMS busca trazer interpretações muito particulares de uma grande diversidade de criadores.

Ouça o álbum “Ultrassom”: